VALIDADE DA VACINA ANTITETÂNICA



A doença tétano é causada pela bactéria Clostridium tetani, que vive em objetos ao ar livre, no chão, nas fezes de animais mamíferos e nas plantas. É uma bactéria muito resistente e capaz de viver por muitos anos ao ar livre, independente do clima e da humidade. Entretanto, a doença pode ser evitada através da vacina antitetânica.

 

O que é a vacina antitetânica?

A vacina antitetânica é feita a partir de toxóide tetânico inativado e sal de alumínio, que tem a função de imunizar o indivíduo contra a doença tétano. Esta doença é provocada pela bactéria Clostridium tetani, que vive em objetos ao ar livre, no chão, nas fezes de animais mamíferos e nas plantas. É uma bactéria que ataca qualquer ferimento na pele (cortes, queimaduras profundas, uso de drogas injetáveis, mordidas de animais, feridas abertas etc). É muito resistente e capaz de viver por muitos anos ao ar livre, independente do clima e da humidade, e que se prolifera em locais de pouco oxigênio, portanto, quanto mais profundo for o ferimento maior é a propensão da doença se desenvolver.

O tétano é uma doença grave e muitas vezes fatal, e como não é possível eliminar os esporos da bactéria causadora que estão presentes no ambiente, é essencial que todas as pessoas tomem a vacina antitetânica. Por este motivo a vacina faz parte do calendário básico de vacinação e é oferecida gratuitamente pelo SUS em todo o território nacional.

De acordo com o calendário nacional de vacinação, o indivíduo deve receber a vacina a antitetânica ao longo de toda a vida:

2 meses (DTP) 1ª dose / 3 meses (DTP) 2ª dose / 6 meses (DTP ) 3ª dose

15 meses (DTP) 1º reforço / 4 anos DTP 2º reforço

11 a 19 anos (dT) – a depender da situação vacinal 3 doses ou reforço

20 a 59 anos (dT) – a depender da situação vacinal 3 doses ou reforço

60 anos (dT) – a depender da situação vacinal doses ou reforço

Gestantes dT: difteria e tétano

Qual a validade da vacina antitetânica?

A validade da vacina antitetânica pode ser diferente para cada pessoa, pois algumas podem perder os níveis dos anticorpos protetores recebidas na vacinação.

A imunização contra o tétano acontece após as 3 doses da vacina antitetânica recebida na primeira infância, e como segurança ainda devem ser recebidas as 2 doses de reforço entre 4 e 6 anos de idade. Depois disso, deve ser recebida doses de reforço a cada 10 anos.

Entretanto, como a proteção contra o tétano diminui com o tempo, e algumas pessoas podem perder a imunidade após 5 anos (que é o intervalo considerado seguro para a imunização), recomenda-se que no caso de acidentes graves, ou cortes profundos, ou ainda ferimentos por arma de fogo, o indivíduo tome uma dose de reforço, caso tenha tomado a vacina há mais de 5 anos.

 

Por que vacina antitetânica tem validade?

Como explicado anteriormente, a vacina antitetânica tem que ser reforçada a cada 10 anos porque os níveis dos anticorpos vão diminuindo com o tempo. E como o prazo considerado de segurança é de 5 anos, recomenda-se uma dose de reforço quando o indivíduo foi vacinado por um tempo superior a este, e sofreu algum acidente grave, com ferimento profundo.

 

Onde encontrar a validade da vacina antitetânica?

Quando por ocasião do recebimento da vacina antitetânica, assim como de qualquer outra vacina, o indivíduo recebe um cartão de vacinação com a data do recebimento e com a data do provável retorno para a dose de reforço. Por isto é importante conservar guardado em local seguro este cartão, principalmente no caso do indivíduo sofrer algum acidente.

 

 

 

 

 

Facebook Twitter Google Plus WhatsApp
Sobre o autor: Mais deste autor.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *